Este blog tem por finalidade, homenagear consagrados poetas e escritores e, os notáveis poetas da internet.
A todos nosso carinho e admiração.

Clube de Poetas









domingo, 5 de junho de 2011

ARIOVALDO CAVARZAN


Ariovaldo Cavarzan é paulista de Itapira... É escritor, poeta, pesquisador, aposentado (ex-bancário), autor e co-autor de livros de interesse da doutrina espírita, sendo um infantil... É também autor do livro intitulado "Il Cuore Non Può Dimenticare" (O Coração Não Pode Esquecer), sobre a imigração italiana no Brasil, a sua família e a antiga e numerosa colônia italiana que se fixou no município de Itapira, a partir do final do século 19 e início do 20, reunida em torno da Società Italiana di Mutuo Soccorso "Fratellanza e Lavoro", responsável pela edição do primeiro jornal do interior do Brasil, inteiramente publicado no idioma italiano, intitulado "La Patria Degl'Italiani".

Um dos fundadores e atual diretor presidente da Apabex, entidade que há 25 anos vem doando incondicionalmente carinho a pessoas com necessidades especiais e essa entrega plena ele conhece bem... E é com alegria que recebe o retorno: - Ternura, amor, cumplicidade e companheirismo!

É um ser sensível que traz dentro de si um amor inabalável, uma força que o faz seguir sempre adiante, vencendo os obstáculos que encontra pelo caminho,
sua fé é rocha milenar que sustenta os pilares da vida e sendo poeta, conhece os segredos do tempo... Seus versos encantam, neles o lirismo retrata um homem incorruptível, terno e capaz de revelar-se por inteiro... Com humildade acompanha os passos do tempo, sem medo de ser feliz!


Anna Peralva



Amar
Ariovaldo Cavarzan


Amar é fazer transbordar cascatas de ternura,
luz e cor, deixando inundar de amor e doçura
corações que se buscam na infinitude do tempo,
e na eternidade da alma.

Amar é voar nas asas do sonho e da paixão,
singrando o espaço e o tempo, vivenciando
instantes únicos, que não mais voltarão.

Amar é ignorar a razão,
é desvario,
é acender luz no coração,
é vibrar em sintonia, equilibrando no fino fio
que se interpõe entre a felicidade e a emoção.

30/04/2008

Um comentário:

  1. Ariovaldo Cavarzan17 de junho de 2011 13:47

    Agradeço às minhas queridas amigas e Poetas Anna Peralva e Marilda Conceição, a oportunidade de juntar-me à plêiade de almas iluminadas, reunidas em torno deste Clube.
    Deixo-lhes minhas sinceras reverências e aplausos por este espaço que se abre à descoberta de um mundo onde fala alto a sensibilidade e a emoção.
    Obrigado por proporcionar-me a grande alegria de partilhar tudo isso com os meus amigos e familiares.
    Fiquemos com Deus.
    Com carinho e gratidão.

    ResponderExcluir